aforismos e afins

21 setembro 2005

Incongruências bem visíveis

Denominar-se de "liberal", "não homofóbico", e ao mesmo tempo dizer que na luta pelos seus ideais dará "Playboys gratuitas para mostrar a racionalidade de gostar mais de mulheres" é do melhor. Reparem bem na palavra usada: r-a-c-i-o-n-a-l-i-d-a-d-e. Desta ideia à eugenia e aos mais variados totalitarismos vai um passo muito curto, como todos sabemos. O que fazer quando nos foge a boca para a verdade, caro Pedro Picoito?

11 Comments:

  • Acho que este tipo tem um problema . Não há nada de racional no gostar-se de quem quer que seja, pouco importa que seja homem ou mulher. A heterossexualidade, ou outra qualquer, é de uma maravilhosa e avassaladora irracionalidade: "The animal instinct ...". Mas se ele acha que gostar de mulheres é racional, é porque se calhar teve mesmo de pensar muuuuito sobre o assunto para se convencer disso ... Hmmm...Há aí coisa mal resolvida !!!

    By Blogger Ginja, at 9:51 da tarde  

  • Grazie, GInga. POdes copiar o comment e por lá no post dele, hehe.

    By Blogger Tiago Mendes, at 10:42 da manhã  

  • É Ginja , com "j" ... lololol. By the way, lá deixei o meu comentário no Sr. Picoito (ihihihih ... "picoito"!!! ...ele há cada nome...) .

    By Blogger Ginja, at 11:10 da manhã  

  • Ginja, claro, estava a "gingar" contigo ;)

    Bom, o teu comentário la ainda fica mais liiiiiindo! boa :)

    By Blogger Tiago Mendes, at 11:18 da manhã  

  • olá Tiago!
    Não tinha reparado que isto anda muito contente à minha custa. E qual será o nome dessa palerma que nem sequer é capaz de escrever sem pseudónimo?

    By Anonymous pedro picoito, at 11:01 da tarde  

  • viva Pedro, bem vindo ao fórum. qto a pseudónimos, eu não sei de nada! eu escrevo sempre bem assinado :)

    By Blogger Tiago Mendes, at 2:42 da manhã  

  • Olha, não vamos partir para a guerra verbal, pois não ? Parece que o Pedro "picoito" ficou "picado" com os comentários . Ao menos aqui a palerma tem apelidos que não dão para anedota, embora reconheça que os meus são bem menos engraçados. Chamo-me Rita, se isso é assim tão importante :)Peço desculpa se ofendi. De resto assino como quiser, e não discuto nomes nem pseudónimos, porque ninguém me garante que Pedro Picoito existe. Eu limito-me a aceitar e pressupor que sim .

    By Blogger Ginja, at 9:50 da manhã  

  • Para quem se diz tolerante, usar o nome de alguém numa discussão é um argumento engraçado, Rita (ou Ginja?).

    By Anonymous pedro picoito, at 11:21 da manhã  

  • Tanto faz, agora que sabes o nome e o "pseudónimo". Não uso o teu nome na discussão: não estou a discuti-lo, mas lá diferente é ele, ou não concordas ? E quanto a ser tolerante, foi coisa que não viste por aí escrita, nem sequer implícita. Acho "tolerância" uma noção irritante e hipócrita. Eu não sou nada tolerante. Para mim, vejo outros como iguais, ou não os vejo como iguais . "Tolerar" é que não, haja paciência . Mas isto dava pano para mangas ... :)

    By Blogger Ginja, at 12:17 da tarde  

  • Pedro: permite-me aconselhar "calma". A Ginja não excedeu quanto a mim qualquer limite de respeitabilidade. Apenas usou um nome duma pessoa (desconhecida) para deixar um comentário muito breve em tom jocoso mas sem qualquer malícia (o que podes dizer que é discutível, mas julgo ser bastante fácil de ler a não-agressividade nele).

    De resto, ninguém aqui se andava a "rir às tuas custas". Eu escrevi o que escrevi e mantenho. E tenho a honra de ter alguma cumplicidade com alguns comentaristas aqui no fórum, como é o caso da Ginja, que não conheço pessoalmente. Assim, o tom jocoso dela foi também uma forma "cúmplice" de concordar comigo, sem ultrapassar limites de decoro e respeito.

    Já tu, ao responderes com um tom algo agressivo e incomodado (com direito, claro), e ao chamares "palerma", levas a coisa para um patamar diferente, porque se a "piadinha" da Ginja era de gosto duvidoso mas tendencialmente "harmless", já o teu "palerma" é claramente ofensivo - a até algo arrogante.

    Repara que ela não usa o teu nome num argumento. O argumento é o primeiro comment que ela faz, aliás, bastante lúcido e com "conteúdo". O segundo comment é meramente uma resposta ao meu "convite" a que ela ponha o comentário dela (por ter conteúdo...) no Mão Invisível. Por isso a menção do nome é meramente "estética" - uma larachasita de não fazer mal a ninguém. É quase um feedback ao meu "hehe" brincalhão do meu comment ao comment inicial dela.

    Finalmente, sobre argumento dos nomes e anonimato já muito se escreveu na blogosfera.

    Posta esta longa divagação, espero que ambos continuem a passar por aqui, porque ambos são valiosos enquanto comentaristas.

    By Blogger Tiago Mendes, at 6:40 da tarde  

  • Pois. Obrigada. Mas deixa lá, é natural que o Pedro se sinta aborrecido . Aposto que ter um nome giro resulta em passar anos a ter que ouvir os outros a fazer trocadilhos com isso, e acredito que nem sempre apeteça rir também. Ler e escrever são exercícios traiçoeiros . Paciência ...

    By Blogger Ginja, at 8:16 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home