aforismos e afins

20 dezembro 2005

Crime e Castigo (4)

«Raskolnikov que matara para saber se o homem tem o direito de matar um ser inferior e se teria forças para suportar esse assassínio; através do assassínio, interrogava-se acerca de si próprio. (...) Raskolnikov perguntava a si próprio se o homem de talento tem o direito de sacrificar uma vida inferior em nome do seu próprio interesse.»
.
[Milan Kundera, A valsa do adeus]

1 Comments:

Enviar um comentário

<< Home