aforismos e afins

24 janeiro 2006

Um post «acidental»

O post é mesmo acidental porque há que cumprir a sabática imposta. Mas como o Acidental está de longe nas minhas leituras obrigatórias (são de facto leituras e não leituras-na-diagonal, como faço em quase todos os outros [poucos] blogs [de direita] que leio [nunca li blogs de esquerda* nem consigo atravessar o mar de bolds da GLQL]) e tem estado cada vez melhor, senti-me no dever de escrever isto.
.
Malta aí um bocadinho mais à direita, que consegue gostar ainda mais de fados do que eu mas tem muito pouca líbido para falar sobre «temas fracturantes»: a história dos comentários dos anónimos cobardes, que tanto azucrinam o Henrique Raposo, como (recentemente) o Jacinto Bettencourt, tem solução simples: apagá-los e/ou permitir apenas comentários identificados. Esta última medida traz um custo para o insultador que, na margem, pode ser bastante relevante - que é como quem diz, suficientemente dissuasor.
.
Eu sei (acreditem que já tive um ou dois tipos com algum ódio de estimação por aqui, e eles sabem que não lhes ligo puto e e apago logo os comentários) que é muito chato ler essas merdas. Quase estragam um dia a um gajo. Sobretudo quando envolve pessoas "conhecidas", como é o vosso caso. Ao fecharem os comentários, vocês - com todo o direito, claro - estão: 1) a fazer-lhes um favor, e 2) a não permitir o debate. Ora, eles como vermes que são não merecem atenção. E como vocês escrevem coisas interessantes e propensas ao debate, é uma pena que este não possa ter lugar.
.
Assim, eu sugeria que quem (ainda) não é apupado dessa maneira vergonhosa tivesse carta branca para apagar essas ordinarices que vos dirigem. Assim, a probabilidade de vocês darem de caras com esses cabrestos seria menor. Esse acto de censura (sem aspas, é mesmo assim) não vos deve "traumatizar". Deve deixar-vos cautelosos, porque vocês como conservadores-pessimistas que são sabem muito da natureza maligna do homem. Mas sabem também que "cauteloso" não é o mesmo que "apreensivo". O meio termo é possível. E é uma pena, como bons liberais que também são, que se deixem de por-a-jeito para levar uns bons amarelos e vermelhos por causa desses patéticos energúmenos. A inveja deles é o maior elogio.
.
Aproveito o tema para subscrever este post do Rodrigo Moita de Deus: «O meu comentador preferido é o José Barros.» Já tinha sido destacado nas minhas escolhas de 2005, e não é demais repeti-lo. Aproveito também para dizer ao JB que não custa nada criar um blogger-profile, para poder comentar sem ser na variante "anonymous". Digo isto porque temo que alguns comentadores sem blogue não tenham pachorra para tal (2 minutos bastam). E deixo um desafio ao José: para quando um blogue?
.
*isto é ainda mais verdade desde que o LA-C nos revelou ser (como me dizia um leitor bem identificado) um «perigoso direitista encapotado».

6 Comments:

  • Caro Tiago,

    Muito obrigado pelas palavras simpáticas e pelo incentivo à criação de um blogue. Já tenho a ideia há muito tempo, mas incentivos da tua parte são sempre bem-vindos.
    Respondendo ao teu apelo, criei um blogger account. O meu blogue - por enquanto fictício - chamar-se-á "abduções em Ukbar" por referência a um conto filosófico de Borges apropriadamente publicado num conjunto chamado "Ficções".
    O blogue estará inactivo durante uns tempos. Pelo menos, até acabar os exames. Depois dos ditos acabarem, quero ver se me junto à comunidade blogosférica. Será um desafio interessante...

    By Blogger José Barros, at 12:24 da manhã  

  • "E, já agora, uma pergunta ao JB: para quando um blog? "

    Era mesmo só para subscrever esta pergunta/incentivo !!





    P.S.Parece que a resposta é positiva :)

    By Anonymous PLus, at 12:28 da manhã  

  • José: folgo em ver esse blogger-profile: só posso dizer que é (assim mesmo) "azul sobre ouro"!

    Depois manda-me o teu email, que não está no teu profile (e mesmo que esteja não tenho outlook e não consigo aceder).

    By Blogger Tiago Mendes, at 12:29 da manhã  

  • tb fico à espera do blog do JB com interesse; o título promete

    By Blogger jmnk, at 10:35 da manhã  

  • Bem..ao menos aqui ainda não comentaram nada do genero "só para que saibas que há quem saiba que és um fascista de m****" pois não? Às vezes dá mesmo vontade de apagar ou de, at least, moderá-los.

    By Blogger Tiago Alves, at 4:06 da tarde  

  • A seguir a todo o outro tipo de comentários, aqueles que mais gosto são os insultuosos. Se forem imaginativos então...

    By Blogger CGP, at 5:30 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home